Exame toxicológico volta a ser obrigatório para emissão de CNHs C, D e E

Uma decisão da Justiça Federal de Minas Gerais restabeleceu a obrigatoriedade do exame toxicológico para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E. O Neolab realiza a coleta do material em Juiz de Fora com rapidez e qualidade, e atua em parceria com a Psychemedics Brasil. A empresa é credenciada pelo Denatran e pelo Ministério do Trabalho.

 

O que muda

Agora, mesmo que não se exerça atividade remunerada, o condutor deverá realizar a coleta de material para emitir um novo documento ou acrescentar categorias. A medida, utilizada para detectar o consumo de substâncias psicoativas, é uma determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), e se baseia na chamada “Lei dos Caminhoneiros” (Lei Federal 13.103). O objetivo é aumentar a segurança nas estradas.

 

Informações aos motoristas

- As drogas detectadas serão maconha, cocaína, crack, anfetaminas (rebites) ecstasy e opiáceos (remédios para dor). O exame será positivo se algum dessas drogas for consumida nos últimos 90 dias;

- O exame é realizado através do corte de uma pequena amostra de cabelos, pelos ou na falta destes, raspas de unhas. O cabelo é cortado rente ao couro cabeludo. Não dói e não deixa marcas;

- Não há necessidade de nenhum procedimento especial para o dia da coleta;

A coleta leva, em média, 10 minutos. O resultado será inserido diretamente no RENACH para que você possa dar prosseguimento em sua habilitação ou renovação.

 

Ligue para o Neolab e saiba mais sobre o exame toxicológico: (32) 3212-0174 / (32) 3216-1797.