Neolab Informa: Banco de Leite Humano comemora “Agosto Dourado” com Semana de Aleitamento Materno

Entre 1º e 5 de agosto será realizada a 25ª Semana Mundial de Aleitamento Materno, promovida pelo Banco de Leite Humano da Secretaria de Saúde (SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF). As atividades abrem as comemorações do “Agosto Dourado”, que simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. Para reforçar a data, durante todo o mês, os funcionários do Departamento da Saúde da Criança e do Adolescente (DSCA) utilizarão pequeno laço dourado na roupa.

Para a coordenadora do Banco de Leite Humano de Juiz de Fora, Bernadete Monteiro Oliveira, o dourado está relacionado ao “padrão ouro de qualidade do leite materno”: “É uma cor toda especial, que já percorre o mundo com o seu laço simbólico. São 30 dias, quando são celebradas a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento.”

Este ano, a Semana tem como tema o trabalho conjunto para o bem comum. A questão se relaciona com a criação de alianças necessárias para alcançar os objetivos do desenvolvimento sustentável. “O incentivo ao aleitamento materno reduz a produção de materiais para o armazenamento do leite em pó, diminui o transporte e, principalmente, os gastos dos responsáveis, já que o leite materno é o melhor alimento, e sem custos”, explicou Bernadete.

 

Programação

 

Na terça-feira, 1º de agosto, acontecerá o curso para gestantes sobre aleitamento materno. A atividade será realizada na Clínica Cindi, na Rua Rei Alberto, 183, Centro, a partir das 13 horas. Estão sendo oferecidas 50 vagas, e as inscrições deverão ser realizadas através do telefone 3690-7436. Nos dias 2 e 3 será oferecida capacitação sobre o tema para os funcionários do Hospital Dr. João Penido, das 14 às 17 horas. Do dia 1º ao 4 será realizada a “Sala de Espera” no DSCA (Rua São Sebastião, 772/776, Centro), onde funciona o Banco de Leite Humano, para a divulgação da semana e o reforço sobre a importância da amamentação.

Fechando a programação da Semana, no sábado, 5, a "Hora do Mamaço" acontecerá no Parque Halfeld, a partir das 10 horas, promovendo a amamentação livre, mostrando que os espaços públicos devem ser utilizados, eque esse gesto seja visto como ato cotidiano, parte da rotina de mães e bebês.

 

Doações

 

Para que as doações sejam realizadas de forma segura, o Banco de Leite orienta as lactantes quanto ao processo correto da coleta. O método é explicado por um profissional e uma cartilha é entregue no momento da solicitação, além de um recipiente esterilizado, para que a retirada do leite seja feita em casa. Caso haja alguma dificuldade, uma equipe estará disponível para auxiliar na recolha do material na própria unidade. A mãe interessada em ofertar o leite deve entrar em contato com o Banco (3690-7436) e levar um xerox do cartão do pré-natal no momento do atendimento.

O leite deve ser retirado logo após o bebê amamentar ou quando as glândulas mamárias estiverem muito cheias. É indicado buscar lugar tranquilo e limpo, lavar as mãos e os braços com água e sabão e, se possível, cobrir os cabelos com touca ou lenço (para evitar contato com o leite).

Este leite é utilizado para salvar diversas vidas, uma vez que é ofertado para os recém-nascidos internados em unidades de Terapia Intensiva (UTIs) dos hospitais de Juiz de Fora e região.

 

Informações

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Saúde

3690-7389/7123